Publicado em: quarta-feira, 07/03/2012

BBB12: Renata é eliminada com 66% dos votos

Na noite desta terça-feira (6), a estudante de Psicologia, Renata, foi a eliminada do paredão do Big Brother Brasil 12. Na disputa pela preferência do público, ela foi derrotada por João Carvalho e deixou o confinamento com 66% dos votos. Em seu discurso de eliminação, o apresentador Pedro Bial citou Leila Diniz e os direitos das mulheres. “Leila estava muito além de onde estamos. Hoje, falamos sem nenhum pudor sobre sexo e nos calamos, mudos de vergonha, ao falar de amor. Vem princesa que você merece passar o Dia Internacional da Mulher aqui fora”, anunciou o apresentador.

Este foi o segundo paredão enfrentado por Renata. Na segunda semana de confinamento, ela foi indicada pelo então líder João Maurício e disputou a permanência na casa com a baiana Jakeline. Antes de deixar o reality, a mineira deixou um recado a todos: “vivam intensamente!”.

Viver intensamente foi o que Renata fez desde o início do programa. Ela foi uma das integrantes do Quarto Selva e logo na primeira semana se envolveu com o modelo Jonas. Porém, o rapaz não demonstrou o mesmo interesse que ela, e devido à carência, a estudante acabou se envolvendo com Ronaldo. Com a saída dele pouco tempo depois, ela voltou a ficar com Jonas, mas a relação não se firmou.

O relacionamento mal resolvido com Jonas chegou a abalar a amizade de Renata com Monique, que por diversas vezes também ficou com o modelo. Após algumas conversas, as duas amigas se entenderam. Renata surpreendeu a todos ao engatar um romance com o carioca Rafa, há duas semanas. Apesar do brother ter sido eliminado pouco tempo depois, o relacionamento deles foi intenso e o casal protagonizou momentos picantes embaixo do edredom.

Na passarela de eliminação, Bial, comentou que Renata estava sendo julgada por ter ficado com três homens na casa. A loira se defendeu dizendo que Ronaldo era apenas seu amigo. “Quero ver alguém falar que não teria feito isso na rua em dois meses”, justificou. Ao ser questionada se estava arrependida de algo, ela disse que não. “Não. Eu vivo intensamente qualquer situação e aqui não seria diferente por ser um jogo”, finalizou.