Publicado em: quinta-feira, 19/01/2012

BBB12 – Caso de estupro pode fazer Globo perder concessão do reality

Nesta quarta-feira (18), o Ministério das Comunicações solicitou à Rede Globo o envio das imagens do Big Brother Brasil (BBB) dos dias 14 e 15, para uma investigação sobre a suspeita de estupro ocorrido na casa do programa. O Ministério informou, por meio de um comunicado a imprensa, que irá avaliar se as cenas causam algum tipo de constrangimento ao público.

Se a suspeita se confirmar, o órgão poderá abrir um Processo de Apuração de Infração contra a Rede Globo. Esta infração pode ser punida das seguintes formas: multa, suspensão do sinal de TV e até mesmo a cassação da concessão da emissora. Como o grupo mantém outros canais por assinatura, a investigação irá analisar se será necessário restringir também este conteúdo.

Ainda não se tem nenhuma confirmação se o Ministério da Justiça irá investigar o suposto estupro. Normalmente, questões que envolvem o conteúdo dos programas exibidos pelas TV são analisadas pelas pastas dos ministérios de Comunicação e Justiça, em conjunto.

O caso continua repercutindo na rede e outros setores, mesmo após a expulsão de Daniel, o suposto estuprador. As imagens divulgadas dos dois participantes, não mostram muitas coisas. Mas a dúvida sobre os movimentos do ex-brother já foi o suficiente para levantar essa polêmica.