Publicado em: segunda-feira, 20/02/2012

BBB12: Brothers precisam fazer as compras da semana com poucas estalecas

Na prova da comida realizada sábado (18), os confinados do Big Brother Brasil 12 não conseguiram juntar todas as estalecas possíveis. Muitos deles foram mal no desafio da comida, que consistia num prova onde, com os olhos vendados, eles precisavam adivinhar todos os ingredientes de uma tortinha que provaram.

Monique, Jonas e Yuri foram os sorteados para realizar as compras desta semana. Na sala, os três foram instruídos pelos colegas sobre o que precisava ser comprado. João Carvalho lembrou os amigos de comprar azeite, batata, cenoura e tomate. Fabiana também ajudou os colegas, lembrando que a casa está sem ketchup ou mostarda. Kelly também chamou Monique e orientou quanto as frutas. “De fruta, banana, maçã e melão, que são mais consumidos. Melancia, se der, compra uma”. E ainda lembrou. “Não esquece do extrato de tomate”. Jonas resolveu perguntar o que não estava precisando na casa e Kelly afirmou que manteiga e cebola podia deixar para a próxima compra.

Na hora da compra, Monique, Jonas e Yuri se deparam com uma mesa cheia de tigelas, com frutas picadas. “A promoção surpresa Carrefour BBB desta semana, hoje, segunda- feira, sorvetes e energéticos, iogurtes e cereais matinais estão com desconto de 20% para vocês aqui da casa. E terça-feira, só amanhã, em todas as lojas Carrefour. O Brasil inteiro vai poder aproveitar desse desconto. Sejam bem-vindos e boas compras”, explicou um representante do Carrefour.

Os três tem autorização para degustar livremente as frutas frescas expostas. Depois de decidiram o que precisava ser comprado, os três voltam para buscar as encomendas. Eles pegam as mercadorias escolhidas e carregam em sacolas recicláveis. Jonas não gostou do preço do pão e reclamou com os amigos. “200 estalecas. Está muito caro. Já custou 100, 120 estalecas”, lembra o modelo. Yuri ainda lembrou aos colegas que eles precisariam economizar. “Não podemos esbanjar”, afirmou o lutador.

Mais tarde, Monique e Fabiana se estranharam. Fabiana questionou a gaúcha quanto ao preço do cigarro e a estudante não gostou da pergunta. “Para mim, é essencial. Eu dou porque eu fumo”, retrucou a estudante.