Publicado em: terça-feira, 13/03/2012

Barco com 200 pessoas afunda em Bangladesh

Nesta terça-feira (13) uma balsa com aproximadamente 200 pessoas a bordo afundou em um rio no sul de Bangladesh. O acidente causou a morte de 30 pessoas e, de acordo com as autoridades, dezenas ainda estão desaparecidas. Mohammad Shahabuddin Khan, chefe da polícia local, informou que aproximadamente 35 pessoas foram salvas no rio Meghna. O acidente aconteceu nesta madrugada quando a balsa bateu em um barco de carga.

Ainda de acordo com o chefe de polícia, os mergulhadores conseguiram recuperar 30 corpos de dentro do barco, sendo que, entre as vítimas, estava uma jovem segurando o corpo de seu bebê, também morto. Khan afirma que o número de mortos deve aumentar à medida que as buscas avancem. Ele diz que o número de vítima poderá ser dito com mais precisão depois que a balsa for retirada do rio.

Pessoas se reúnem para procurar vítimas

Centenas de pessoas se reuniram próximas ao local do acidente com o objetivo de buscarem pelos amigos e familiares desaparecidos. O acidente aconteceu no distrito de Munshiganj, cerca de 32 quilômetros de Daca, com a balsa MV Shariatpur -1, que viajava para a capital. O sobrevivente Dulal Dewan conta que estava dormindo no deck de cima do barco e foi acordado com um “solavanco”. Ele diz que pulou no rio enquanto a embarcação afundava.

O administrador local, Azizul Alam, afirma que uma investigação será aberta para que se apurem as causas do acidente. Os acidentes com este tipo de embarcação são comuns em Bangladesh. As balsas costumam ter a bordo mais pessoas do que realmente comportam, além de terem problemas com a manutenção e não seguirem as normas de segurança.