Publicado em: sexta-feira, 30/09/2011

Banco Central aumenta projeção da inflação e reduz o crescimento da economia

O Relatório Trimestral da Inflação, elaborado pelo Banco Central e divulgado nesta quinta-feira (29) indica que a entidade monetária aumento a projeção para a inflação deste ano e também reduziu a expectativa de crescimento da economia brasileira.

A expectativa de crescimento do produto Interno bruto (PIB) para 2011 que era de 4% foi reduzida para 3,5%. Já perspectiva que indica a alta no índice Nacional de Preços do Consumidor Amplo (IPCA), responsável por avaliar a inflação, foi de 5,8% para 6,4%. Já a perspectiva para o próximo ano, que estava em 4,8% caiu para 4,7%.

Na avaliação do Banco Central, a projeção é que inflação será de 4,5% para os 12 que encerram no terceiro trimestre de 2012, quando termina o período de avaliação do relatório feito. O documento afirma que devido a desaceleração das atividades doméstica o balanço de risco para a inflação passa a ser mais favorável do que o que foi avaliado em julho.

A entidade ainda indica a “possibilidade elevada de recessão” dos alguns países que estão alheios a nova crise econômica, “em especial nas economias maduras”.