Publicado em: segunda-feira, 17/06/2013

Balotelli leva puxão de orelha do técnico por tirar a camisa

Balotelli leva puxão de orelha do técnico por tirar a camisaAstro da seleção italiana, o atacante Mario Balotelli teve grande atuação em jogo contra a seleção mexicana, última campeã olímpica. Super Mario foi o autor do segundo gol da Azurra, quando se livrou da marcação na entrada da pequena área e conseguiu chutar, quase caindo, com o pé direito. Festa, comemoração e um show de exibição dos músculos completamente desnecessário.

Ballo levou amarelo por tirar a camisa e já é preocupação para o técnico César Prandelli, que quer contar com o jogador durante toda a primeira fase. Nas palavras do treinador, tirar a camisa é uma marca comemorativa, que extravasa toda a ansiedade da preparação antes para as partidas, mas traz outro problema.

Segundo Prandelli, não há como criticar o atacante depois de uma vitória, onde o autor do segundo gol teve participação fundamental, mas os cartões amarelos de graça podem tirar o jogador da terceira partida, ainda na primeira fase.

A vitória contra o México neste fim de semana foi apertada. Os mexicanos tocavam bem a bola e ameaçavam o gol adversário nas poucas vezes que chegavam até a linha do último passe. As estrelas mexicanas, Chicharito e dos Santos, tiveram boas atuações, mas não apresentaram um futebol acima da média. O que também demonstra o peso da responsabilidade de carregar a equipe na Copa das Confederações.

A chance de recuperação do México está na partida contra o Brasil, na quarta-feira, pela segunda rodada da chave do Grupo A. O retrospecto dos últimos jogos é favorável aos visitantes. A seleção brasileira perdeu a final das últimas Olimpíadas e na equipe verde-amarela estavam boa parte dos jogadores do plantel atual. A partida será em Fortaleza.

A Itália tenta dar sequência na boa fase contra o Japão, na Arena Pernambuco, no mesmo dia.