Publicado em: segunda-feira, 08/07/2013

Autuori revela que disse não ao São Paulo ao menos por três oportunidades durante os últimos anos

Autuori revela que disse não ao São Paulo ao menos por três oportunidades durante os últimos anosPaulo Autuori deixou o São Paulo no ano de 2005, depois de das conquistas na Copa Libertadores e Mundial de Clubes e seguiu para o Japão e Catar para segui a carreira. O técnico esteve negociando com grandes equipes, quase foi trabalhar no Internacional e voltou para o São Paulo, mas seguiu em trabalhos no Cruzeiro, Grêmio e no Vasco da Gama.

Na equipe cruzmaltina, a situação é quase decretada, pois deverá sair. O técnico faz reclamação de salários que estão atrasados e já deu indícios que não deverá permanecer na equipe de São Januário. O São Paulo é visto como provável destino do treinador, que depois de perder por 5 a 3 frente ao Internacional em Caxias do Sul na Serra Gaúcha, o treinador afirmou que uma saída da equipe não teria ligações com interesses de outras equipes.

Ele diz que desde que começou a trabalhar no Vasco chegou a recebeu certas propostas de outras equipes, mas diz que não acontece isso, ele aponta que está feliz em poder trabalhar com os jogadores da equipe, porém diz não haver condições para que possa ser recuperada de maneira veloz a saúde financeira da equipe.

Paulo Autuori revela que durante os últimos anos ele havia dito ao menos três vezes não para treinar a equipe do São Paulo, durante fases em que haviam mudanças na direção técnica da equipe. Ele aponta que chegaram a existir sondagens, mas ele afirma que disse não e aponta que uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Está marcada uma reunião para ocorrer durante esta segunda-feira que deverá selar o destino do agora treinador do Vasco e caso ele deixe a equipe, pode assinar com a equipe que disse não por três vezes.