Publicado em: terça-feira, 06/09/2011

Autoridades devem investigar afirmação de Dani Bolina sobre panicats

A Polícia Federal e o Ministério Público podem vir a investigar as assistentes do programa “Pânico na TV”. A investigação pode acontecer em decorrência da afirmação feita pela ex-panicat Dani Bolina.

Segundo ela, o programa humorístico da “Rede TV!” promoveu um esquema de prostituição com as dançarinas e modelos que aparecem na TV no ano anterior. Por isso a emissora e os produtores do “Pânico” podem vir a ser investigados.

Bolina afirmou teria dito que algumas ex-colegas se prostituiam durante sua participação no programa “Tudo é Possível”, onde passou pela “Máquina da Verdade”. Segundo informações publicadas na Folha de São Paulo, a produção do “Pânico” estaria tentando evitar que a gravação vá ao ar no próximo dia 18.