Publicado em: terça-feira, 22/04/2014

Aumento de índice de inflação provoca queda de investimentos na poupança

Aumento de índice de inflação provoca queda de investimentos na poupançaA poupança sempre foi a alternativa mais segura e fácil para as pessoas investirem capital, já que para isso o indivíduo não precisa compreender muito sobre taxas do mercado financeiro, embora seja importante acompanhar todas as altas e baixas das taxas de mercado, já que isso pode influir no quanto o dinheiro investido poderá render ao seus investidores.

O fato é que uma série de cenários influem no rendimento da poupança e este ano a coisa não anda muito animadora, já que a taxa Selic voltou a estar na casa de dois número e ainda por cima a inflação está em alta, quase chegando a atingir o máximo de seu valor que foi proposto pelo governo, taxa esta que é de 6.5% anualmente;

No ano de 2013 os investidores que optaram pela poupança obtiveram sucesso, já que o valor de arrecadação para este fundo foi de R$ 71 bilhões, recorde este que rendeu a poupança o título de melhor investimento de 2013, já que tendo atingido este valor o seu rendimento foi muito maior e superior a outros tipos de investimentos que assim como a poupança possuem sua renda fixada, tudo isso mesmo a alta da taxa Selic.

Atualmente o Banco Central divulgou dados que dão conta de que a poupança teve uma queda de cerca de 49%, esse valor tendo como referência os números de resgate ou mesmo de pessoas que aplicaram nesse fundo no primeiro trimestre de 2014 esse valor de 49% foi medido através de comparações feitas com o primeiro trimestre do ano de 2013.

Especialistas declaram que com a incerteza e o aumento das taxas referentes à Selic e também a inflação, o melhor é que as pessoas procurem diversificar seus investimentos, levando em consideração os valores dessas duas taxas, que influem completamente no rendimento que a pessoa pode alcançar, porém os mesmos deixam claro que se esses valores continuarem na crescente em que estão tomar essa atitude não será o suficiente, uma vez que caso a inflação atinja seu nível máximo programado pelo governo, é muito difícil de que com essa atitude o investidor consiga fazer com que seus ganhos superem a taxa máxima anual da inflação.