Publicado em: sábado, 05/04/2014

Áudio deixado por MC Daleste antes de morrer, pode mudar os rumos da investigação

Áudio deixado por MC Daleste antes de morrer, pode mudar os rumos da investigaçãoO caso do assassinato de Mc Daleste teve uma considerável reviravolta. O delegado da Divisão de Homicídios, Rui Pelogo, fez um pedido à família do MC para que o áudio deixado por ele antes da tragédia fosse entregue, a letra da música fala sobre entender um pouco da vida e da morte. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, a gravação será encaminhada para perícia, eles afirmam que é “prematuro” dizer que essa música mudará o rumo das investigações. O áudio foi divulgado pela primeira vez durante o programa “Domingo Show”, de Geraldo Luís.

De acordo com o perito Ricardo Molina, que foi chamado pela Record para que pudesse esclarecer a música deixada por MC Daleste, afirma que o áudio foi apenas um delírio do funkeiro gravado em 17 de julho de 2012, quase um ano antes do acontecimento. Molina diz que, essa é a data registrada no tablet em que a música foi encontrada pela família. Acredito que ele queria, inicialmente na música, falar do futuro, mas se perdeu ao descrever. Foi um delírio qualquer dele. Como outras coisas que foram gravadas.

Mistério

Durante uma entrevista, o pai do MC disse que o áudio foi encontrado meses depois da morte do filho de 20 anos. Ele acredita que a música foi uma mensagem deixada pelo funkeiro, e conta que sua intenção é mostrar para o Brasil que ele gravou a música enquanto morto. Apareceu essa gravação do nada no tablet. E se todos ouvirem a gravação original, é possível ouvir ao fundo que seu filho estava no necrotério. “Tinha gente chorando e tal”, explica, indo contra a afirmação do perito. Mas Molina reafirma que a música não é base para uma investigação mais profunda e não serve como prova para polícia no caso, segundo ele, o áudio não alterará em nada o andamento das investigações. “A mensagem só não foi encontrada antes porque estava em um diretório oculto do tablet”, completa.