Publicado em: terça-feira, 22/04/2014

Ator pernambucano Jesuíta Barbosa é destaque do cinema nacional

Ator pernambucano Jesuíta Barbosa é destaque do cinema nacionalJesuíta Barbosa é um rosto cada vez mais conhecido dos amantes do cinema brasileiro. Ele já recebeu elogio de atores como Regina Duarte e Wagner Moura. Além disso, já ganhou prêmios por sua interpretação e tem sido requisitado para trabalhar na televisão. O reconhecimento está chegando aos poucos e revelando o pernambucano como o mais novo talento de sua geração.

Em maio, Jesuíta Barbosa será visto no filme de Karim Aïnouz chamado “Praia do Futuro”. Mas a carreira do ator inclui trabalhos no longa metragem “Tatuagem”, na pele do personagem Hilton Lacerda. Através desse papel, Jesuíta conseguiu o prêmio na categoria melhor ator no Festival do Rio, no ano passado.

Além disso, Jesuíta esteve ainda em “Serra Pelada”, longa de Heitor Dhalia, e também na minissérie “Amores Roubados”. Na televisão, o ator contracenou com Cauã Reymond, no papel de Fortunato. A minissérie foi exibida pela Rede Globo no mês de janeiro de 2014.

O sucesso não para por aí. Até porque Jesuíta estará na televisão na novela “O Rebu”, que é um remake de 1974. A atração irá ao ar pela Globo, as 23h. Na trama, Jesuíta será Boneco, personagem interpretado pelo grande Lima Duarte 40 anos atrás.

O diretor de “Amores Roubados”, Luiz Villamarim, afirma que Jesuíta atua de uma forma bastante realista. Foi ele quem convidou o ator para fazer parte do elenco de “O Rebu”. Aïnouz diz que Jesuíta é um profissional bastante preparado e tem muita concentração. A veterana Regina Duarte diz que Jesuíta dá aula de interpretação quando entra em cena.

Não é à toa que Jesuíta Barbosa Neto é considerado uma promessa do cinema brasileiro. O rapaz de 22 anos nasceu na cidade de Salgueiro, no sertão de Pernambuco. A carreira artística teve início aos dez anos de idade, quando se mudou para Fortaleza, capital do estado do Ceará.

Lá, ele atuava em grupos de teatro da escola onde estudava. O pai sonhava que o filho cursasse Medicina ou Direito. Mas, Jesuíta entrou para o curso Princípios Básicos do Teatro José de Alencar e fez faculdade de Teatro, no Instituto Federal do Ceará.