Publicado em: quinta-feira, 26/09/2013

Atlético Nacional-COL x Bahia: Tricolor volta a jogar em território estrangeiro de olho nas quartas da Copa Sul-Americana 2013

Copa Sul-Americana 2013Depois de eliminar a Portuguesa na segunda fase, o Bahia volta a disputar uma partida em território estrangeiro nesta quinta-feira (26), às 22 horas (horário de Brasília), no Estádio Atanásio Girardot, em Medellín, quando encara o Atlético Nacional da Colômbia, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana 2013. O Tricolor volta a disputar um jogo oficial em território estrangeiro após 24 anos, quando esteve em campo pela Taça Libertadores da América de 1989.

O vencedor do confronto de 180 minutos entre Atlético Nacional e Bahia vai encarar o ganhador do duelo entre São Paulo e Universidad Católica, nas quartas de final da Sul-Americana.

Para essa partida, o técnico Cristóvão Borges não confirmou a escalação do Bahia, mas a tendência é que o treinador mantenha o mesmo time que venceu o Botafogo no último domingo (22), por 2 a 1, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, William Barbio e Fernandão devem continuar formando dupla de ataque. Suspenso na última partida, o volante Fabrício Lusa volta a ficar à disposição do treinador. Na lateral esquerda, Raul, se for poupado, pode dar lugar a Jussandro.

Osorio contará com time descansado para o confronto com o Bahia nesta noite

Pelo lado do Atlético Nacional-COL, o treinador Juan Carlos Osório terá apenas dois desfalques, Valencia e Arias, que não estão em 100% de suas condições físicas. No ataque, o experiente Juan Pablo Angel é o principal destaque da equipe, que lidera o Campeonato Colombiano com 25 pontos ganhos em nove jogos (oito vitórias e um empate). Como a partida da última terça-feira (24), contra o Milionários de Bogotá, foi cancelada, o time de Medellín está descansado e pronto para o duelo com a equipe brasileira.

O árbitro do jogo será Roddy Alberto Zambrano, que terá como assistentes Luis Alvarado e Luis Vera. O trio de arbitragem é do Equador.