Publicado em: domingo, 11/05/2014

Atlético-MG x Cruzeiro: Rivais tentam ‘furar’ defesas adversárias em clássico pelo Brasileirão 2014

Brasileirão 2014O desempenho dos respectivos sistemas defensivos tem resumido os últimos clássicos entre Atlético-MG e Cruzeiro. Em três jogos na temporada, todos pelo Estadual, houve empate sem gols. Dessa vez, neste domingo (11), a partir das 16 horas, os rivais buscam ‘furar’ as retrancas em jogo válido pela quarta rodada do Brasileirão, na Arena Independência, em Belo Horizonte. O Galo tenta se redimir após o início ruim, que o deixou na zona de rebaixamento, com apenas um ponto somado. Já a Raposa está na vice-liderança, com sete pontos conquistados.

Com problemas para escalar a equipe, o técnico Levir Culpi fará uma mudança no esquema de jogo do Atlético Mineiro, do 4-3-3 para o 3-5-2. De fora da última partida, diante do Goiás no último domingo (4), por causa de um desgaste muscular, o zagueiro Leonardo Silva formará trio defensivo com Otamendi e Réver. Poupado no último jogo, o volante Pierre voltará ao time na vaga de Claudinei. Recuperado de dores no músculo posterior da coxa esquerda, Leandro Donizete entra no lugar de Fillipe Soutto.

Por outro lado, o atacante Guilherme sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo e é desfalque certo. Com uma entorse no joelho direito, o atacante Jô também está fora. Dessa forma, Diego Tardelli e André reaparecem na equipe titular para formar o trio ofensivo com Fernandinho.

Cruzeiro atuará com time quase completo de reservas na Arena Independência

No Cruzeiro, o técnico Marcelo Oliveira deve manter na equipe apenas dois jogadores que iniciaram o jogo com o San Lorenzo como titulares, na última quarta-feira (7), no Estádio Nuevo Gasómetro, pelas quartas de final da Taça Libertadores da América. São eles o goleiro Fábio e o zagueiro Léo, que formará dupla com Wallace. Com dores no músculo adutor da coxa direita, o atacante Dagoberto não joga. Assim, Luan formará a dupla de ataque com Borges.

O árbitro do clássico mineiro será Heber Roberto Lopes, de Santa Catarina, que terá o auxílio de Fernanda Colombo Uliana, do mesmo Estado, e Alessandro Rocha de Matos, da Bahia.