Publicado em: quarta-feira, 05/08/2009

Atletas brasileiros são suspensos por doping

Foram suspensos nesta terça-feira (04) cinco atletas da delegação brasileira que estavam na Alemanha, participando do treinamento preparatório para o Mundial de Atletismo. Eles foram pegos usando substância proibida em exames antidoping realizados no Brasil.

Os atletas Bruno Lins Tenório de Barros, Jorge Célio da Rocha Sena, Josiane da Silva Tito, Luciana França e Lucimara Silvestre foram pegos em exames realizados de surpresa, fora do período de competição, no dia 15 de junho, de acordo com nota divulgada Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Os cinco estão proibidos de participar de qualquer prova até que sejam divulgados os resultados da contra prova. Por isso, os atletas não vão participar do Mundial de Atletismo realizado em Berlim, entre os dias 15 e 23 de agosto, e voltam ao Brasil junto com os treinadores Jayme Netto Junior e Inaldo Justino de Sena.

O treinador Jayme Netto, do clube Rede Atletismo, assumiu nesta quarta-feira (05) a culpa pelo doping desses atletas. Ele disse que aplicou a substância apontada no exame duas vezes em cada atleta. Além disso, o treinador afirmou que não sabia que as doses, receitadas pelo fisiologista Pedro Balikian, seriam consideradas doping.

Esse é o maior flagrante de doping da história nacional em uma mesma modalidade. Por causa desse episódio o Brasil ficará desfalcado nas competições de atletismo.