Publicado em: sexta-feira, 19/10/2012

Atirador que feriu três em SP diz que agiu em legítima defesa

Fernando Gouveia, que é administrador de empresas e feriu três pessoas a tiros na Aclimação ontem (19), em São Paulo, alegou que estava agindo em legítima defesa. O homem, que tem 33 anos, tem problemas mentais e decidiu reagir á abordagem de uma equipe que tinham em mãos uma ordem judicial para Atirador que feriu três em SP diz que agiu em legítima defesaque ele fosse internado. Depois de prestar depoimento, ele fez um exame de corpo de delito no IML e foi encaminhado para o 31°DP, onde ficará detido até a justiça decidir seu futuro. Fernando disse á uma emissora de tv que tudo foi em legítima defesa, já que o oficial entrou na casa sem se identificar, dizendo que eram do serviço de manutenção e que logo começaram o agredir. O advogado do administrador alegou que ele não quis ferir ninguém. Apesar de tudo, ele vai responder por seis tentativas de homicídio, já que deu tiros no oficial de justiça, contra uma enfermeiro e contra mais três policiais militares, além de ter atingido a psicóloga Silvia Helena Gondim, que tem 45 anos, com quem mantinha um relacionamento sério há quase dois anos. O delegado afirma que Fernando tem “noção do que fez” e que sabe que ele é portador do quadro de esquizofrenia, mas que mesmo assim, ele estava plenamente ciente de todos os seus atos e de suas consequências antes de efetuar os disparos.

Na casa aonde morava com a psicóloga foram encontradas uma espingarda calibre 12, uma pistola 380, um revólver 38, várias facas e duas espadas além de muita munição e uma besta, que é um tipo de arco com um cabo e gatilho que servem para disparar flechas. Ele registrou em sue nome uma espingarda e um revólver, que não foram encontrados na busca da polícia.