Publicado em: sábado, 01/09/2012

Atentado suicida em base da Otan mata doze pessoas no Afeganistão

Atentado suicida em base da Otan mata doze pessoas no AfeganistãoUm atentado suicida que foi realizado neste sábado, 1° de setembro, matou 12 pessoas e deixou pelo menos outras 50 feridas no Afeganistão. De acordo com as informações fornecidas pela Agência Efe, o atentado aconteceu próximo a uma base da Otan que fica no centro do pais. A princípio, foram divulgadas 18 mortes, mas depois o número de vítimas fatais foi revisto pelas autoridades.

Segundo testemunhas, o primeiro suicida chegou próximo ao pé da base a pé e detonou as bombas que estavam em seu corpo perto das instalações militares, que fica na província de Wardak. De acordo com Shailudah Sahhid, que é o porta-voz do governo da província, poucos instantes depois da detonação da primeira bomba, outro suicida explodiu um caminhão que estava carregado de artefatos na porta da base da Otan. Segundo as informações divulgadas pelos órgãos oficiais do Afeganistão, o ataque deixou quatro policiais do Afeganistão mortos, além de outros oito civis.

Por meio de uma entrevista dada por telefone para a agência Efe, Sahhid contou que muitas das pessoas que ficaram feridas nas explosões estão em estado grave de saúde e recebem atendimento em hospitais próximos a região dos ataques. Messer Hagen, que é tenente-general, confirmou que as explosões aconteceram na base da Otan no Afeganistão. Além disso, ele disse que uma investigação foi aberta para apurar como as explosões aconteceram.

Ele ainda disse que soldados e funcionários da Otan se feriram no atentado, mas não quis dizer quantas pessoas foram vítimas das duas explosões. O Talibã assumiu, por meio de um porta-voz, que foi o responsável pelo duplo atentado na base da Otan no Afeganistão. Segundo Qari Mohammad Yousef Ahmadi, as explosões feriram e mataram pelo menos dez americanos.