Publicado em: quinta-feira, 09/01/2014

Atacante Leandro Damião é apresentado pelo Santos nesta quinta-feira

Atacante Leandro Damião é apresentado pelo Santos nesta quinta-feiraAo lado do presidente em exercício do Santos, o atacante Leandro Damião foi apresentado oficialmente pelo clube à imprensa, nesta quinta-feira (9). O jogador assinou contrato por cinco temporadas com o clube alvinegro e teve seus direitos econômicos comprados pelo Fundo Doyen Sports, por R$ 42 milhões, junto ao Internacional de Porto Alegre.

Feliz em sua apresentação, Leandro Damião disse que está realizando um sonho em vestir a camisa do Peixe, pois sempre pensou em defender um time paulista em sua carreira. Aos 24 anos de idade, o centroavante chega para suprir a carência no setor ofensivo da equipe e pode formar dupla de ataque com Thiago Ribeiro, ou até com o chileno Vargas, que ainda não foi contratado.

Sobre vestir a camisa número nove do Santos, Damião se diz honrado, não apenas por usar o número que já foi de Serginho Chulapa, destaque do clube na década de 80, mas também de Alberto, artilheiro do time campeão brasileiro de 2002.

Revelado pelo Internacional, Damião tem como título mais importante do clube a Taça Libertadores da América de 2010. Além disso, o atacante fez parte do grupo tricampeão gaúcho em 2011/12/13. O bom futebol chamou a atenção dos técnicos Mano Menezes e Luiz Felipe Scolari, que inclusive o convocou para a Copa das Confederações do ano passado. Porém, o atleta se lesionou e teve de ser cortado.

Apresentado, Oswaldo de Oliveira fala em recolocar Santos no topo, na busca por títulos

Contratado após fazer bom trabalho no comando do Botafogo, garantindo uma vaga na Taça Libertadores da América de 2014, o técnico Oswaldo de Oliveira também foi apresentado no Santos,mas no início da tarde da última quarta-feira (8), no Centro de Treinamento Rei Pelé, em Santos. Em sua chegada, o treinador disse estar inspirado em levar o Alvinegro de volta ao topo do futebol brasileiro.

Esta é a terceira passagem de Oswaldo de Oliveira pelo Santos. Em 1997, ele foi auxiliar-técnico de Vanderlei Luxemburgo, e conquistou o Torneio Rio-São Paulo. Como treinador, retornou ao clube em 2005.