Publicado em: terça-feira, 15/04/2014

Assessores se passam por professores e levantam faixas de agradecimentos à Beto Richa

Assessores se passam por professores e levantam faixas de agradecimentos à Beto RichaUma cena vergonhosa para os professores aconteceu nessa última sexta-feira (11), durante o evento de inauguração do radar meteorológico de Cascavel. Um assessor da prefeitura da cidade e um outro homem que é ligado ao governo do estado seguraram faixas, se passando por professores, nas faixas continham agradecimentos ao governador Beto Richa (PSDB) pelos investimentos no local. Isso acontecia lá dentro, enquanto do lado de fora da cerimonia, muitos professores e servidores da Saúde protestavam por uma melhoria nos salários.

Entre os homens que seguravam a faixa de apoio a Richa, se contradizendo com a situação que realmente estava acontecendo, foi identificado o assessor do prefeito de Cascavel, Edgar Bueno (PDT), Ivan Serafim Borges, mais conhecido como Sombra; e com ele o diretor da 7ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), no qual tem ligação com o Detran-PR, Pedro Silvério. Outros servidores que também participaram desse momento, esconderam-se atrás das faixas. Em uma das faixas estava escrito: “Nós professores somos gratos pelo reajuste de 50% em nossos salários”.

APP-Sindicato

Quando questionado sobre o ocorrido, o assessor negou que estivesse a frente do movimento de manifestação em favor do governador. “Sou gente do povo, minha vida é no meio do povo”, conta. Já Pedro Silvério afirmou que qualquer um pode erguer uma faixa, mesmo com o que pode conter nela ou não; Ele não soube dizer quem levou as faixas para o local, mas falou somente que o ato foi instantâneo.

Em contraponto, o presidente regional da APP-Sindicato informou que a atitude dos servidores foi uma falta de respeito com os professores. Ele diz que, eles estavam lá como falsos professores. E está incrédulo de que o governador soubesse o que estava acontecendo. A assessoria do prefeito de Cascavel, Edgar Bueno, disse que não iria falar sobre o ocorrido.