Publicado em: terça-feira, 11/10/2011

Assassinato da juíza Patrícia Acioli – polícia apresenta moto utilizada na noite do crime

Nesta terça-feira (11), Policiais da Divisão de Homicídios apresentaram a moto usada por um dos assassinos da juíza Patrícia Acioli. O crime ocorreu em agosto desse ano. A moto foi encontrada perto da casa de um dos policiais acusados de envolvimento no assassinato, no Morro São José, na Zona Norte do Rio.

Nas imagens das câmeras de monitoramento a moto aparece seguindo o carro da juíza, desde o Fórum São Gonçalo até a casa dela, em Nitéroi, região metropolitana do Rio. Ontem (10), o juiz Peterson Barroso Simão recebeu a denúncia do Ministério Público contra os 11 policiais militares acusados de envolvimento e participação. Todos irão responder por homicídio triplamente qualificado.

O juiz também decretou a prisão preventiva de todos os envolvidos. “A finalidade principal das prisões é viabilizar uma ação penal com êxito, concluindo sobre a autoria do crime e suas circunstâncias, buscando a verdade real e punindo os verdadeiros responsáveis pelo trágico evento”, afirmou o juiz.

Além do ex-comandante e tenente-coronel Claudio Luiz Silva de Oliveira, foram também denunciados os PMs Sérgio Costa Júnior, Jovanis Falcão Junior, Jefferson de Araújo Miranda, Charles Azevedo Tavares, Alex Ribeiro Pereira, Júnior Cezar de Medeiros, Carlos Adílio Maciel Santos, Sammy dos Santos Quintanilha e Handerson Lents Henriques da Silva.