Publicado em: terça-feira, 24/07/2012

Arqueólogos italianos encontram ossada que pode ser de “Mona Lisa”

Nesta terça-feira (24), arqueólogos da Itália desenterraram um esqueleto em ótimo estado de conservação em um convento abandonado, localizado em Florença. A equipe acredita que a ossada pode ser de La Gioconda, a misteriosa mulher imortalizada por Leonardo Da Vinci no famoso quadro “Mona Lisa”. Vários corpos já foram encontrados na busca por Lisa Gherardini, a mulher que provavelmente foi a modelo do célebre quadro do pintor.

De acordo com o diretor da equipe, Silvano Vinceti, esta ossada é promissora, porém ainda será necessário fazer vários testes para que se comprove a identidade do cadáver. O diretor, que também é especialista em resolução de mistérios da História da Arte, afirmou que sua equipe finalmente chegou a uma importante parte das investigações, se descobriram ou não os restos mortais da Mona Lisa.

Escavações

As escavações da equipe de Vinceti tiveram início no ano passado. Na época, documentos novos confirmaram que Lisa Gherardini morou neste convento depois que seu marido, Francesco Del Giocondo, faleceu. O local era moradia também de suas filhas, que eram freiras, e Lisa foi enterrada no local. Muitos acreditam que foi Francesco Del Giocondo quem fez a encomenda do quadro de sua esposa para Leonardo Da Vinci, no entanto não existem provas concretas sobre isso.

Após a descoberta do esqueleto, os arqueólogos irão fazer uma série de testes nos restos mortais encontrados para averiguarem que são de Lisa Gherardini. Eles irão reconstruir o resto da ossada a fim de fazer uma comparação com os traços pintados por Leonardo Da Vinci. Vinceti afirma que serão feitos testes com carbono 14 para datar o esqueleto encontrado e, após isso, testes para saber quando anos tinha a pessoa quando faleceu. O diretor afirma que Lisa Gherardini tinha entre 62 e 63 anos quando morreu.