Publicado em: domingo, 10/06/2012

Argentina vence o Brasil e Neymar tieta Messi


Diante das insistentes comparações com Neymar, Messi provou que é muito superior ao jogador brasileiro durante o clássico que a equipe argentina jogou contra a seleção brasileira no sábado, 9 de junho. A Argentina venceu o Brasil por 4 a 3, no jogo realizado na cidade de Nova Jersey, nos Estados Unidos.

No dia anterior a partida, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, havia declarado de que a Agentina tinha o Messi, mas que o Brasil tinha o Neymar. Porém, durante a partida, Messi, que já foi escolhido como o melhor jogador do mundo por três vezes, foi muito superior a atuação do brasileiro e marcou três gols.

Depois do encerramento da partida, Neymar falou aos jornalistas que Messi é o melhor jogador de futebol do planeta e que o admira. Antes das seleções entrarem em campo, o brasileiro já havia pedido para Messi que eles trocassem as camisas que usariam no jogo.

Mesmo não ficando muito tempo com a posse de bola, Messi teve uma boa atuação na partida, já que nas poucas vezes que teve a oportunidade de pegar na bola, soube exatamente o que fazer com ela. O craque argentino marcou três gols, sendo o último feito aos 39 minutos do segundo tempo, gol que serviu para desempatar a partida.

Neymar, pelo contrário, teve muito tempo com a bola em seus pés, dando passes, dribles e chutes a gols. Ainda assim, não conseguiu anotar nenhum gol durante o jogo.

O jogo de sábado confirmou o papel de carrasco que Messi tem com a seleção do Brasil. O argentino, que também atua pelo time espanhol Barcelona, foi um dos responsáveis pela eliminação dos brasileiros no mundial sub-20 no ano de 2005. O mesmo aconteceu nas Olimpíadas de 2008, além da vitória diante da seleção do Brasil em um amistoso em 2010.