Publicado em: quinta-feira, 27/03/2014

Aquisição da Oculus VR pelo Facebook gera revolta naqueles que doaram dinheiro ao projeto

Aquisição da Oculus VR pelo Facebook gera revolta naqueles que doaram dinheiro ao projetoA moral do Facebook não está tão lá em cima quando se imaginava. Depois de investir na compra da companhia Oculus VR, fabricante de acessórios de realidade virtual que já tinha arrecadado mais de US$ 2,5 milhões em doações para realizar seus projetos, os doadores estão querendo o dinheiro de volta. Além disso, gamers decretaram a morte dos óculos de realidade virtual da marca após a transação.

O sistema utilizado para coletar doações para os projetos da Oculus VR foi o site de financiamentos coletivos Kickstarter, mas muitos dos que contribuíram já começaram a protestar na própria página do serviço. Ao todo, mais de 9,5 mil pessoas contribuíram com a companhia. Segundo eles, a doação deixou a Oculus VR em evidência, o que levou à compra pelo Facebook.

Ainda segundo os reclamantes, com a transação, não é mais necessário que terceiros contribuam “de boa vontade”. O Facebook investiu aproximadamente US$ 2 bilhões na compra da Oculus VR. Na página da companhia no site “Kickstarter”, os comentários expõem muito rancor por parte de quem colaborou, além de opiniões que vão desde a venda de valores morais ao prejuízo que a transação trás para a imagem do próprio serviço de financiamentos.

Há quem afirme que entrará na justiça para reaver os valores. Alguns doadores, como Joel Johnson, colocaram a mão no bolso com certa generosidade. Johnson desembolsou US$ 300, e publicou no site que se sentiu traído com a transação bilhonária. Por enquanto, Oculus VR e Facebook não se pronunciaram oficialmente sobre o fato.

Minecraft pula fora

Outro reflexo negativo da compra da Oculus VR pelo Facebook é que alguns estúdios estão perdendo o interesse em produzir tírulos para o dispositivo. A primeira amostra disso é que o estúdio Mojang, de Markus “Notch” Persson, que desenvolve o popular “Minecraft”, desistiu da parceria.

Notch afirmou que o Facebook o “assusta”, mas que gamers poderão desenvolver suas próprias versões compatíveis com os óculos de realidade virtual por meio de uma modificação do game disponível.