Publicado em: segunda-feira, 29/08/2011

Apple volta a ser maior empresa de capital aberto no mercado

Logo após o anúncio na última quarta-feira (24) do cofundador da Apple, Steve Jobs, de que estava renunciando ao seu cargo, as ações da empresa fecharam em 0,65% na bolsa de valores Nasdaq, em Nova York, na quinta-feira (25). Além disso, as ações chegaram a recuar em 4% com a notícia. Porém, já na sexta-feira (26) a Apple retomou o seu posto de maior empresa de capital aberto do mundo em valor de mercado.

A primeira vez em que a Apple conseguiu se consagrar com tal importância foi no dia 9 de agosto. Com a recuperação do valor da ações na sexta-feira, o valor total de todos os papéis chegou a US$ 353,7 bilhões. Em segundo lugar, a empresa Exxon Mobil estava valendo US$ 353,1 bilhões. O balanço da bolsa para tal análise foi fechado às 14h30 no horário de Brasília. De acordo com analistas de mercado, parte do motivo para a recuperação das ações é a confiança em Tim Cook, nome indicado por Jobs para assumir o seu posto.

A empresa segundo colocada como maior de capital aberto em valor de mercado é conhecida como a gigante petrolífera. A Apple, com 35 anos de existência, conseguiu pela primeira vez superar a rival na classificação de empresas na listagem divulgada no início de agosto.

Apesar de existirem especulações a respeito do estado de saúde de Jobs, o motivo concreto que o teria motivado a renunciar ao cargo não foi oficialmente divulgado. O cofundador da Apple estava de licença médica desde janeiro.