Publicado em: sexta-feira, 21/10/2011

Apple fecha lojas para convidar funcionários a participarem de homenagem a Steve Jobs

A empresa norte-americana Apple fechou suas lojas por algumas horas nesta quinta-feira (19) para que seus funcionários tivessem a oportunidade de participar do cerimonial organizado pela empresa em homenagem a Steve Jobs, cofundador da mesma. De acordo com o jornal The New York Times, mais de 300 ‘Apple Stores’, como são chamadas, fecharam suas portas para assistirem ao memorial na sede da Apple em Cupertino (EUA).

Ao mesmo tempo em que os funcionários foram avisados sobre o evento exclusivo que seria realizado na sede da empresa, os trabalhadores não estavam autorizados a comentarem sobre o assunto. O CEO Tim Cook, indicado pelo próprio Jobs para ocupar seu cargo depois de ter renunciado, incentivou os funcionários a compartilharem lembranças e melhores momentos ao lado de Jobs antes de o evento ser realizado. O jornal Wall Street Journal publicou que as ‘Apple Stores’ ficariam ao menos uma hora fechadas.

No começo desta semana foi realizado outro cerimonial em homenagem a Jobs na Universidade de Stanford, onde o cofundador da empresa fez seu discurso que ficou mundialmente famoso após ser divulgado no YouTube. As mensagens que Jobs preparou para os graduandos foram absorvidas por milhares de pessoas ao redor do mundo.

Os funcionários não foram oficialmente notificados do motivo para a convocação à sede da empresa, mas a Apple destacou que as lojas são fechadas somente em ocasiões especiais, como lançamentos importantes. Jobs faleceu em 5 de outubro após passar anos lutando contra um raro tipo de câncer pancreático, para o qual teria rejeitado cirurgia.