Publicado em: sexta-feira, 24/01/2014

App com realidade aumentada é desenvolvido pela star-up do Rio de Janeiro

Um novo aplicativo que começou a ser desenvolvido no Rio de Janeiro, pretende melhorar as informações da cidade maravilhosa e de outras partes do país. O novo app irá fornecer dados sobre ônibus, hotéis e restaurantes. O Paprika, como é chamado, está em uma nova fase desenvolvimento, que está sendo realizada pela empresa Uerj em São Cristóvão. Este aplicativo poderá ser usado nos iOS e Android da atar-up Eyllo, e ainda participará na semana que vem da competição Smart Cities, da Campus Party, enfrentando com mais de 40 atar-pus de 23 países.

De acordo com Enylton Machado, um dos responsáveis pelo Paprika, a versão está mais avançada no iOS, mas ele afirma que os trabalhos estão sendo reforçados para a versão Android. Enylton também falou que a plataforma está hospedada na nuvem, e que eles já usam serviços da Microsoft como o Amazon Web Services e Azure. Porém, para a competição que vai acontecer em São Paulo, eles usarão a plataforma FI-Ware, no ambiente de nuvem.

O objetivo só app é mostrar os locais importantes de uma cidade quando a câmera apontar para eles, isso vale tanto para pontos turísticos como para paradas de ônibus. Além disso, o aplicativo poderá mostrar as informações através de textos, tweets ou áudios. Os dados também poderão ser apresentados por meio de outras redes sociais, como o Foursquare. No fim de 2013, a Faperj aceitou o projeto da Eyllo para adicionar no aplicativo Paprika as informações sobre as linhas de ônibus do Rio de Janeiro.
Com os dados da Fetranspor, o Paprika vai permitir que o usuário receba as informações das linhas que circulam no ponto de ônibus escolhido, além de conseguir colocar o nome de determinado lugar e receber Mais dados das linhas que vão para certo destino.

Futuramente, a expectativa é que o tempo que o usuário levará para chegar de um lugar para o outro, também seja incluído no aplicativo.
Para participar da competição, o grupo está colocando no app as informações sobre hotéis e restaurantes da cidade de São Paulo. Mas, mesmo estando com a plataforma avançada, os responsáveis pelo Paprika afirmam que ainda falta muita informação para o app ficar completo.
Por isso, segundo Enylton, a star-up está procurando parceiros para atuarem nesse aspecto, pois, com as parcerias, iria vir a monetização do app, o tornando gratuito para os que utilizarem a plataforma, já que os próprios provedores poderiam usar a publicidade com a realidade aumentada.