Publicado em: terça-feira, 16/08/2011

Aposentadoria INSS: Previdência analisa proposta que altera idade mínima para pedido

O Ministério da Fazenda e a Previdência Social estão estudando algumas mudanças que devem ser implementadas na aposentadoria do setor privado. Entre as novas propostas está e alterar o tempo mínimo de contribuição para o pedido do benefícios. Segundo a proposta, o empo de contribuição passaria de 35 para 42 anos e para as mulheres de 30 para 37 anos.

A assessoria de imprensa da Previdência informou que as propostas ainda estão em processo de analise técnica. Ela ainda disse que para que o tópico chegue a debate publico, é necessário ser aprovado pelo ministério e pela presidente Dilma Rousseff.

Também estão sendo estudadas outras propostas que buscam a alteração do cálculo da aposentaria. Dessa forma, substituiria o fator previdenciário. Além de precisar de tempo mínimo de contribuição, o plano é que seja criado uma idade mínima para os benefícios sociais. Seriam então de 63 anos para as mulheres e 64 para os homens.

A Previdência pode voltar a utilizar o modelo fator 85/95, aonde o beneficio só pode ser concedido se a soma do tempo de contribuição do trabalhador chegar a 85 para mulheres e 95 aos homens. Caso este modelo seja aprovado, o Ministério fara a transição do modelo utilizado atualmente para o que assegura a idade mínima.