Publicado em: terça-feira, 11/02/2014

Após testes, Google Glass está próximo de ser lançado

Após testes, Google Glass está próximo de ser lançadoO Google Glass, espécie de óculos inteligentes do Google, foi oficialmente anunciado em abril de 2012. Na época, o produto se parecia com algo vindo de um filme futurista, dando a impressão de ser um equipamento muito distante de nossas realidades. Quase dois anos após o anúncio do produto, o Glass já consegue mostrar sua utilização prática, atraindo muito curiosos. O aparelho é capaz de auxiliar em atividades cotidianas como, por exemplo, ler notícias, traduzir frases, auxiliar na cozinha, tirar fotos, jogar videogame e muito mais.

Novidade

É comum que as novidades causem estranheza nos usuários, mesmo entre aqueles que estão acostumados com dispositivos tecnológicos. O iPad, por exemplo, chegou a ser ridicularizado quando Steve Jobs anunciou seu lançamento. O Glass, por sua vez, foi considerado por muitos especialistas de tecnologia como um fracasso, antes mesmo de ser liberado para os primeiros testes, ainda na metade de 2013.

Polêmicas

O sucesso ou fracasso de vendas do Google Glass ainda é uma incógnita. Contudo, uma coisa é mais do que certa: há tempos, um novo dispositivo eletrônico não suscitava tanta polêmica antes mesmo de seu lançamento oficial. Os maiores questionamentos em relação ao Glass dizem respeito à invasão de privacidade que o dispositivo pode proporcionar: há, por exemplo, aplicativos que permitem que uma foto seja tirada apenas com um piscar de olhos.

Com a chegada do Glass ao mercado, é possível que estes questionamentos cresçam ainda mais.

Funcionamento

Quase todos aqueles que testam o Google Glass concordam que o aparelho, de fato, dá uma grande sensação de controle. As maiores críticas ao aparelho se dão pelo fato de que não é possível saber se você está sendo filmado ou fotografado por quem utiliza o dispositivo. A grande vantagem é que, pelo menos em sua primeira versão, o Glass é um aparelho chamativo: apesar do design semelhante ao de um par de óculos, o dispositivo possui uma câmera bem visível, que permite que ele seja prontamente reconhecido.

Desta forma, um usuário com o Google Glass pode ser rapidamente identificado. Contudo, as previsões tecnológicas supõe que, em breve, será muito mais difícil diferenciar o Google Glass de um par de óculos normal.

Utilização

Visto inicialmente como um “brinquedo para nerds ricos”, o Glass já vem ganhando aplicações práticas. A polícia de Nova York estuda a possibilidade de utilizar o dispositivo para auxiliar no combate ao crime. O Glass, inclusive, já está sendo testado pelo departamento de polícia da cidade. Por outro lado, há restaurantes e bares que estão proibindo os clientes de utilizar o dispositivo.

De acordo com Gary Smith, um dos responsáveis pelo aparelho, uma das coisas mais interessantes do Google Glass é a possibilidade de se fazer tudo aquilo que é feito com um smartphone, mas sem utilizar as mãos. O que é um elogio para o executivo se transforma em crítica para aqueles que reclamam do aparelho. Afinal, com o Glass, você nunca poderá saber quando está sendo filmado ou fotografado nas ruas.