Publicado em: quarta-feira, 11/04/2012

Após terremoto, presidente da Indonésia diz que não há risco de tsunami

Nesta quarta-feira (11), um terremoto de magnitude 8,6 atingiu a costa da Indonésia, fazendo com que os moradores saíssem dos edifícios. O tremor ainda despertou o medo das pessoas para um possível tsunami, como o que aconteceu em 2004. O presidente do país, Susilo Bambang Yudhoyono, afirmou que não existem registros sobre vítimas ou danos em Aceh, província onde o terremoto foi mais próximo. O terremoto também foi sentido na Índia.

O tremor aconteceu às 5h38 (horário de Brasília), e logo em seguida o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico afirmou que o oceano Índico estava em observação. A agência afirmou que o risco deste fenômeno diminuiu mais tarde, porém o alerta ainda estava em vigor. Em uma entrevista coletiva, Yudhoyono disse que não existe a ameaça de tsunami, mesmo que o país esteja em estado de alerta.

Situação sob controle

O presidente afirmou na coletiva que a situação está sob controle em Aceh, e que as pessoas que estiverem em pânico poderão ir para os lugares mais altos da província. A agência que registra os desastres do país informou que a eletricidade foi cortada em Aceh e que as existiam engarrafamentos nas áreas que dão acesso aos terrenos mais altos da região.

A província de Aceh foi devastada em 2004 devido a um terremoto de magnitude 9,1, que causou um tsunami. As enormes ondas causaram a morte, ao todo, de 230 mil pessoas em 13 países que são banhados pelo oceano Índico, entre eles Índia, Tailândia e Sri Lanka.