Publicado em: quinta-feira, 22/05/2014

Após seis meses de investigações Polícia Federal prende oito pessoas por pedofilia na internet

Após seis meses de investigações Polícia Federal prende oito pessoas por pedofilia na internetA polícia Federal realizou durante seis meses investigações sobre publicação ou reprodução de conteúdo de pedofilia pela internet, e nesta terça-feira após cumprir 40 mandatos de busca e apreensão em 14 estados do Brasil, a operação chamada de Proteja Brasil efetuou oito prisões em flagrante.

A Polícia Federal contou com a participação de em torno 200 agentes para que fossem efetuadas essas prisões, as oito pessoas presas estavam nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Recife, Goiás, Minas Gerais e também no Paraná, porém além desses estados outros fizeram parte das investigações que correram durante seis meses.

Com a aproximação da Copa do Mundo essas operações são realizadas para que sejam evitadas que crianças sofram quaisquer tipos de abusos, isso incluí fotografias e vídeos que são colocados à disposição pela internet, além disso as ações da Polícia Federal prevê que abusos sexuais também sejam evitados com a realização dessas operações.

As pessoas investigadas que tiverem conteúdos relativos a pornografia infantil, que incluem imagens e vídeos de menores de idade podem pegar de um a quatro anos de prisão, além disso os acusados terão de pagar uma multa pelo crime cometido, essas punições são com base no texto contido no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Uma das prisões efetuadas em flagrante foi de um homem que contava na internet que mantinha relações sexuais com sua enteada de apenas nove anos de idade, pela internet ele dizia ter 29 anos de idade e essas revelações foram feitas a um outro homem pela rede mundial de computadores, a polícia teve acesso às mensagens enviadas pelo pedófilo e com base nessas provas efetuou a prisão do homem.

A Polícia Federal declarou que as operações de combate a pedofilia são realizadas sempre e no período de Janeiro do ano 2013 até 2014 já foram realizados 1.441 processos para investigações sobre estes crimes, sendo que nas últimas três investigações foram realizadas cem prisões de pessoas que estavam cometendo o crime de pedofilia.