Publicado em: quinta-feira, 27/10/2011

Após reunião, União Europeia decide recapitalizar bancos

Após a reunião da cúpula que reunião os líderes da União Europeia, que aconteceu nesta quarta-feira (16), o bloco emitiu um comunicado aonde afirma ter chego a um acordo que irá recapitalizar todos os bancos que foram atingidos pela crise da dívida na zona do euro. Além disso, o plano deve abranger a elevação das exigência de capital de máxima qualidade, chamada core capital, a todos os pacos em valor de 9%.

O anúncio aconteceu simultaneamente ao governo italiano anunciar que o premiê Silvio Berlusconi, participou de uma reunião junto aos demais presidentes que integram a Comissão Europeia e o Conselho Europeu. O encontro aconteceu poucas horas antes da cúpula reunida na cidade de Bruxelas, Bélgica.

“Chegamos a um acordo sobre um plano para recapitalizar os bancos europeus”, comentou o primeiro-ministro da Polônia, Donald Tusk. Atualmente, o país possui a presidência rotativa do bloco. Tusk não soube afirmar quanto será o investimento sobre o capital total que será utilizada para a injeção nos bancos europeus. Ele disse que a cifra será estipulada a partir a decisão em aceitar ou não o perdão sobre a dívida da Grécia.

Os líderes ainda comentaram que esperam não haver um novo estrangulamento de crédito a partir da nova decisão. O comunicado comenta que os bancos terão um prazo de oito meses para realizar a elevação do seu capital. Neste período, deve acontecer a divisão dos lucros por meio de um bônus limitados que deve ser distribuído entre os principais dirigentes e acionistas dos bancos.