Publicado em: terça-feira, 21/05/2013

Após rescisão com Flamengo, Ibson fica próximo de acordo com Corinthians

Após rescisão com Flamengo, Ibson fica próximo de acordo com CorinthiansO Corinthians não confirma se irá ou não negociar o volante Paulinho com o futebol europeu, porém o clube já se movimenta para que consiga resguardar a linha de meio-campo para o restante da temporada. O clube, após ser informado que Ibson rescindiu com o Flamengo, apontou que vale a pena contar com o jogador no elenco que acaba de vencer o Campeonato Paulista. Com isto, resta ao time da capital paulista apenas acertar salários com o volante, o que poderá ocorrer durante os próximos dias.

Durante a segunda-feira (20), o vice de futebol Wallim Vasconcelos do Flamengo anunciou o acordo de rescisão do contrato de Ibson que era válido até o final de 2015.

Após a conquista do Campeonato Paulista de domingo (19), a diretoria alvinegra mostrou ter interesse em contar com Ibson. O diretor-adjunto Duílio Monteiro Alves mantém contato com o empresário Eduardo Uram e segundo a visão do Corinthians, esta negociação não deve ser difícil para ser finalizada, porém a grande preocupação é em relação aos salários, pois o clube paulista não quer gastar tanto por um contrato visto como de risco.

O Corinthians, porém, vê ele como oportunidade, pois Ibson tem 29 anos e é um jogador experiente, com boa técnica e pode segurar a onda caso Paulinho realmente deixe o clube. Mas o discurso oficial é de manter a cautela.

Duílio falou que Ibson, é uma oportunidade, pois é um jogador interessante, que estão acompanhando, porém ele diz que estão observando nomes de outras posições, principalmente destaques dos campeonatos estaduais.

O volante Paulinho que estará defendendo a seleção brasileira na Copa das Confederações desperta interesse de grandes clubes da Europa, como a Inter de Milão, para a posição o Corinthians conta com Guilherme e Edenílson, porém o primeiro ainda não agradou, e o segundo é preparado para que venha a substituir Alessandro, que irá se aposentar no final do ano, na lateral-direita. Assim, o caminho para Ibson seria mais tranquilo, porém isto depende muito do técnico Tite que diz que para o jogador atuar, tem que mostrar empenho dentro e fora de campo.