Publicado em: quinta-feira, 13/02/2014

Após milésimo gol, Túlio quer superar Romário

Após milésimo gol, Túlio quer superar RomárioApós uma longa espera, o lendário atacante Túlio Maravilha finalmente conseguiu marcar seu milésimo gol (ao menos de acordo com suas próprias contas). Atualmente com 44 anos, Túlio passou por nada menos do que 29 equipes, muitas delas por duas ou mais vezes. Contando também as equipes pelas quais passou, mas não chegou a entrar em campo, o número supera quarenta clubes.

O milésimo

Apesar das polêmicas que envolvem a contagem de gols, Túlio Maravilha agora está em um grupo seletíssimo. No Brasil, apenas Pelé e Romário conquistaram tal marca. E, justiça seja feita, em ambos os casos há também algumas polêmicas envolvendo as contagens.

Assim como no caso de Romário e Pelé, Túlio marcou seu milésimo gol em uma cobrança de pênalti. O feito aconteceu na tarde do último sábado, na partida entre Araxá (seu atual clube) e Mamoré. O pênalti foi marcado após um toque de mão. Embora tenha finalmente alcançado a marca, Túlio ainda quer mais. Agora, seu objetivo é superar a contagem de Romário, que chegou a 1002 gols na carreira.

Contrato

Assim como aconteceu em vários outros clubes ao longo dos últimos anos, Túlio chegou ao Araxá com um contrato curto, apenas com o objetivo de completar a histórica marca. Antes do término deste novo contrato, Túlio ainda tem mais quatro partidas pelo Araxá (o contrato foi assinado por seis jogos). Segundo o atacante, a intenção é jogar até o fim do contrato e, se possível, marcar mais três gols nas quatro partidas restantes.

Túlio não descarta até mesmo uma renovação contratual. Entretanto, para isso, o veterano atacante afirmou que precisa se sentir bem fisicamente, além de agradar ao técnico da equipe.

Pênalti tranquilo

De acordo com Túlio, o pênalti que entrou para a história como seu milésimo gol foi o mais tranquilo de sua carreira. Em todos os seus anos como atleta profissional, Túlio perdeu vinte pênaltis. E, desta vez, o atacante pensou em todos os detalhes. Desde o início, Túlio sabia que havia uma grande chance de que seu milésimo gol viria em uma cobrança de penalidade. Por isso, antes mesmo de o árbitro assinalar o pênalti, o atacante já sabia muito bem o que fazer.

Para coroar a marca, Túlio quis fazer uma cobrança diferente daquela executada por Pelé e, posteriormente, por Romário. Ambos bateram no canto esquerdo; Túlio mandou para o canto direito. Ainda em campo, o atacante recebeu uma camiseta comemorativa para a marca histórica.

Contagem

A esta altura, a verdadeira contagem de gols de Túlio pouco importava. Por todos os clubes que passou recentemente, o veterano atacante teve seu projeto de milésimo gol abraçado pelas diretorias. A festa pela marca histórica, inclusive, esfriou uma polêmica dentro de campo: o pênalti que originou o milésimo gol de Túlio foi extremamente controverso. Aparentemente, não houve qualquer movimento do zagueiro adversário que pudesse ser considerado uma infração. Mas, para Túlio Maravilha, isso não faz diferença: agora, resta apenas comemorar e pensar, finalmente, em pendurar as chuteiras.