Publicado em: quarta-feira, 25/06/2014

Após divulgação de vírus de pólio ser encontrado em amostra de esgoto de Aeroporto de Viracopos Ministério da Saúde diz que vírus não representa risco para o País

Após divulgação de vírus de pólio ser encontrado em amostra de esgoto de Aeroporto de Viracopos Ministério da Saúde diz que vírus não representa risco para o PaísApós ser divulgado que foi encontrado o poliovírus selvagem tipo 1, em amostras de esgoto do aeroporto de Viracopos, em Campinas, o Ministério da Saúde informa que o vírus encontrado não representa uma ameaça ao país, segundo o Ministério a detecção do vírus não possuí qualquer relação com a vinda de pessoas de outros países para o Brasil devido a Copa do Mundo.

Segundo informações da assessoria de imprensa do órgão as coletas das amostras foram realizadas nos sistemas de esgoto sanitário do aeroporto e foi procedida pela Organização Mundial de Saúde, as coletas foram realizadas no mês de março, portanto antes do início da Copa do Mundo no país, de acordo com a assessoria este procedimento é considerado rotineiro já que faz parte de uma prevenção para se ter a garantia de que o vírus não circule no Brasil.

O acompanhamento da situação epidemiológica da poliomielite no mundo é feito pelo Ministério da Saúde e também o controle da erradicação dessa enfermidade é realizado através de campanhas de vacinação que atingem cobertura de mais de 95%, segundo o órgão não há qualquer registro de poliomielite efetuado no Brasil desde 1.990, isto se deve ao governo Federal ter investido em políticas preventivas e também vigilantes em relação a doença.

Ainda de acordo com o comunicado a poliomielite está erradicada no Brasil, porém apesar disso outros países registram casos da enfermidade como Paquistão, Síria, Guiné Equatorial, Afeganistão, Etiópia, Israel, Iraque, Nigéria e Somália, por conta desses registros a Organização Mundial de Saúde decretou o estado de emergência mundial para que medidas de capitação de recursos e também de apoio internacional sejam adotadas para que a erradicação da doença no mundo possa ser conseguida.

De acordo com o comunicado o Ministério da Saúde acompanha os dados da doença no mundo e também no Brasil, segundo o órgão o fato de ter sido encontrada uma amostra do vírus não significa perigo em relação a erradicação da enfermidade em território brasileiro, segundo o órgão as ações de vacinação bem como de vigilância estão ativas em todo o território nacional.