Publicado em: quinta-feira, 29/05/2014

Após colecionar “mocinhas” ao longo de sua carreira Juliana Silveira dará vida a uma Neonazista em seu próximo trabalho

Após colecionar “mocinhas” ao longo de sua carreira Juliana Silveira dará vida a uma Neonazista em seu próximo trabalhoA atriz Juliana Silveira ao longo de sua carreira sempre interpretou personagens mais dóceis, por conta de seu rosto angelical, mas em seu próximo trabalho na televisão a moça recebeu um desafio e tanto, Juliana dará vida a uma Neonazista.

Na próxima novela da rede Record, Vitória, Juliana irá viver a personagem Priscila, que irá perseguir ao longo da trama, negros, homossexuais e também nordestinos, Juliana declarou que sua personagem não tem nada de bom dentro dela, e que por isso ela está ansiosa para que a novela vá ao ar, porque segundo Juliana, não há como as pessoas terem motivos para gostar de sua personagem.

Juliana disse ainda que Priscila não é como o vilão Félix, que no início da trama era um vilão e do meio para o final da novela ele foi se redimindo, ela diz que no caso de sua personagem ela é uma vilã que não tem como se dar bem na história, Juliana diz que o final de Priscila deve ser triste.

A atriz declarou que sua personagem irá liderar ao lado de outros personagens de uma das vertentes de uma organização neonazista e que irá arquitetar planos para prejudicar os grupos de pessoas das quais ela não aceita de maneira nenhuma, Juliana diz que já em sua primeira aparição na novela, Priscila já faz uma vítima fatal, a atriz diz que para ela a pior coisa que pode existir, são negros bem sucedidos, o ódio da personagem se estende também a homossexuais e nordestinos.

A atriz contou também que o grupo de sua personagem matará as pessoas desses grupos discriminados por eles, porém eles não irão deixar rastros, a principal justificativa do grupo para estas mortes será que o país ficará melhor sem ter pessoas do tipo desses grupos, a atriz diz que já está se prepara para ouvir comentários negativos do público, mas confessa que não sabe qual será o seu sentimento, já que até interpretar Priscila, Juliana sempre foi adorada pelo público, a moça disse que caso se sinta muito odiada fará sessões de terapia duas vezes na semana.