Publicado em: terça-feira, 17/09/2013

Após 19 horas de trabalho o navio Costa Concórdia volta à posição vertical

Após 19 horas de trabalho o navio Costa Concórdia volta à posição verticalApós 19 horas de trabalho foram divulgadas imagens da mega operação que foi montada para colocar o navio Costa Concórdia de volta à posição vertical, para posteriormente puxá-lo para fora do lugar onde ele está, as imagens quando vistas rapidamente dão idéia de como o trabalho foi feito, a operação foi montada por mais de cem engenheiros.

Essa é a primeira vez em que se vê uma operação tão grandiosa, e também é a primeira vez em que um navio do porte do Costa Concórdia que tem 290 metros de comprimento, foi trazido de volta à posição vertical em um espaço perto da terra firme, o Costa Concórdia afundou em Janeiro do ano passado próximo à ilha de Toscana, na Itália, matando 32 pessoas, dois corpos dentre essas vítimas não foram localizados.

O navio será rebocado para um porto, e de acordo com informações da imprensa italiana, somente depois da primavera italiana, ou seja no ano que vem, já que a primavera se inicia no país no final do mês de março, após ser rebocado o Costa Concórdia vai ser desmontado, várias cidades já disputam o local para o qual o navio irá para ser desmanchado, as cidades de Civitavecchia, que fica em Lazio, Piombino que fica na Toscana, Palermo que é a capital da Sicília e também a cidade de Nápoles que é capital da Campânia.

As cidades estão disputando pelo desmanche do navio, pois isso geraria vários empregos em seus estaleiros, além de os contratos que são feitos para essas ações serem estimados em milhões de euros.

Segundo os técnicos o navio vai flutuar graças à técnica que foi utilizada, que consiste em colocar 11 tanques cheios de água na parte em que estava submersa, além da instalação de cabos de aço, para evitar que a estrutura do navio que está danificada sofra possíveis abalos, quando for o momento exato de puxar o navio para superfície, esses tanques serão totalmente esvaziados e possibilitará a flutuação do navio.