Publicado em: quarta-feira, 28/03/2012

Apesar de queda, casos de tuberculose ainda são 4ª causa de morte no Brasil

No ano passado, o Brasil registrou uma diminuição no número de casos de tuberculose. Ainda assim, a doença continua sendo a quarta causa de morte, quando relacionada a doenças infecciosas. Na segunda feira (26), o Ministério da Saúde divulgou dados que apontam uma redução de 3,54% na aparição de casos pelo território brasileiro.

De acordo com o Ministério, no ano passado foram quase setenta mil casos da doença em todo o país, contra mais de setenta e um mil em 2010. Foi a primeira vez que o Brasil registrou um número de casos abaixo de setenta mil. A pasta da saúde indica que nos últimos onze anos, o número diminuiu 15,9%.

Isso significa que no ano passado foram 36 casos de tuberculose para cada 100 mil habitantes. A maior incidência dos casos aconteceu na região norte, com 45,2 para cada 100 mil pessoas. Foi calculada a taxa de mortalidade, baseada nos dados de 2010, revelando uma redução nacional. A taxa indica 2,4 mortes para cada 100 mil pessoas. A redução PE de 23,4% em comparação com a década passada, quando em 2001, o registro era de 3,1 mortes por 100 mil habitantes.

Metas

Alexandre Padilha, o Ministro da Saúde, declarou em uma cerimônia que as cidades que alcançarem uma diminuição da incidência da doença e das mortes relacionadas a tuberculose poderão conseguir mais investimentos. A taxa de casos de cura da doença é um dos componentes que faz parte da avaliação dos atendimentos de saúde do governo, de forma que o bom desempenho é fator decisivo para que o repasse ocorra.

Padilha explica que os indicadores de tuberculose fazem parte de todas as políticas de avaliação desenvolvidas pela pasta de Saúde. Mesmo com a diminuição, o Brasil ainda não conseguiu alcançar o patamar indicado pelo OMS, a Organização Mundial da Saúde. A recomendação é que ao menos 85% dos casos confirmados sejam curados. Em 2010, esse índice foi de 70,3%.