Publicado em: sábado, 03/03/2012

Ao menos 28 pessoas morreram após uma série de tornados nos EUA

Os norte-americanos mal puderam se recuperar na primeira série de tornados, que aconteceu no início da semana e causou a morte de 13 pessoas, que uma segunda onda do fenômeno atingiu a região centro e sul dos Estados Unidos nesta sexta-feira (2). A região foi varrida pelos tornados, que deixou um rastro de destruição por onde passaram.

De acordo com informações da rede de televisão CNN, pelo menos 28 pessoas morreram em decorrência do fenômeno. Além disso, nesta sexta-feira, a pequena cidade de Marysville foi totalmente destruída depois que mais de 70 tornados passaram pela região. Os estados que foram mais atingidos com as tempestades foram o Alabama, Tennessee, Kentucky e Ohio.

Imagens da destruição

A TV norte-americana exibiu imagens das regiões afetadas pelos tornados. Nas transmissões aparecem edifícios destruídos, ônibus virados e casas de madeira que estão apenas com a sua base intacta, já que o restante foi levado pela violência do fenômeno. De acordo com o departamento estadual de segurança de Indiana, os tornados deixaram 15 mortos no estado. Já em Kentucky, as autoridades registraram 12 mortos e o governo solicitou que a Guarda Nacional ajude nos trabalhos de resgate e busca.

O prefeito da cidade de Marysville, que fica localizada na fronteira entre Tennessee e Indiana, afirmou que o distrito foi “riscado do mapa”. Em Madison, no Alabama, diversas casas foram destruídas, árvores derrubadas, carros virados e linhas de energia cortadas. O serviço de meteorologia afirmou que existem pessoas presas e feridas nos escombros, mas ainda não foi registrada nenhuma morte na cidade. A maior temporada de mortes ocasionadas por tornados nos Estados Unidos aconteceu em 2011, quando 545 pessoas morreram.