Publicado em: quinta-feira, 10/11/2011

ANS estuda abaixar preço de planos de saúde para idosos

A Agência nacional de Saúde Suplementar (ANS) juntamente com as operadoras de planos de saúde todos país estão buscando uma forma para conseguir reduzir o preço da mensalidade para todos os beneficiários com idade superior a 59 anos. a hipótese mais concreta divulgada nesta quarta-feira (9) é criar um modelo que misture a previdência privada com a assistência médica. Estima-se que existam 5,5 milhões de usuários de planos com esta idade em todo o país.

Atualmente, os planos adotam um programa onde os planos sofrem um aumento no custo para aqueles usuários que chegam aos 59 anos, podendo chegar a 70% a mais do que do valor anterior.

O objetivo é conseguir estabelecer uma forme aonde parte do valor da mensalidade passe a integrar o fundo de capitalização por pessoa. Com isso, ficaria mais barato para que os usuários acima de 59 anos pudessem ter acesso a assistência médica e a própria renda. Se esta fórmula for adotada os planos podem elevar o valor pago por jovens.

“Somente isso não basta. É preciso também, a longo prazo, o governo e a iniciativa privada implantarem programas de prevenção de doenças para minimizar os efeitos durante a fase idosa”, comentou o presidente da FenaSaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar), Marcio Coriolano. A expectativa da ANS é que esta avaliação seja concluída e apresentada em fevereiro do ano que vem.