Publicado em: sábado, 05/11/2011

Anonymous nega tentativa de destruir Facebook neste sábado

O grupo hacker Anonymous anunciou em entrevista a um site norte-americano que o ataque cibernético marcado para este sábado (05) contra o Facebook não é uma iniciativa do grupo, mas sim de um membro não autorizado a fazer tal operação. O porta-voz declarou que não faz sentido o Anonymous tentar derrubar um site usado para transmitir a mensagem que o grupo tenta passar.

Em comunicado enviado pelo Anonymous, o grupo afirma que um dos seus membros tentou fazer existir uma “imaginária opfacebook”. No mesmo recado o grupo hacker declara que “apesar de afirmarmos várias vezes que não suportamos essa operação, ele continuou empurrando sua agenda para o Lulz (outro grupos hacker)”. Para mostrar apoio à campanha contra a invasão ao Facebook, o Anonymous divulgou os dados pessoais do membro em questão, como telefone e endereço. Com relação a essa medida, o Anonymous defende que um indivíduo que vai contra as decisões do grupo também é contra o grupo em si.

“Se você é contra a forma como nos comunicamos no Facebook, Twitter, e anonops, por exemplo, então você é contra o Anonymous e se tornou nosso inimigo, já que você está tentando atrapalhar o nosso movimento,” defendeu o Anonymous em comunicado.

A primeira informação sobre a possibilidade de uma ataque contra o Facebook surgiu no início de agosto, quando um vídeo em nome do Anonymous foi divulgado no YouTube afirmando que eles aniquilariam a rede social de Mark Zuckerberg. Naquele momento já havia sido prometida a data 5 de novembro.