Publicado em: terça-feira, 24/01/2012

Anonymous anuncia que não realizará ataque ao Facebook

Foi postado hoje um vídeo no YouTube, atribuído falsamente ao grupo ativista Anonymous. O grupo declarou oficialmente que não pretende tirar a rede social Facebook do ar, diferentemente do que apresenta o vídeo, afirmando que o site será tirado do ar à meia-noite do dia 28.

A postagem não explica porque o Facebook foi escolhido, mas indica fazer uma conexão entre a rede social e o governo norte-americano. “Uma guerra online já começou entre o Anonymous, o povo e o governo dos Estados Unidos”.

O vídeo também aponta como motivo a isenção de Mark Zuckerber com relação cos projetos SOPA (Stop Online Piracy Act) e PIPA (Potect IP Act). O CEO se pronunciou sobre o caso apenas no dia 18. “A internet é a ferramenta mais poderosa que temos para criar um mundo mais aberto e conectado. Não podemos deixar que leis mal elaboradas fiquem no caminho do desenvolvimento da Internet”.

Entretanto, o ataque prometido foi desmentido pelo grupo pouco tempo depois de a notícia ter se popularizado nas redes sociais. O Anonymous tem um histórico bem sucedido quando o assunto é protesto na internet. Mas parece não estar envolvido nesta ameaça.