Publicado em: sábado, 19/05/2012

“Angry Birds” é proibido em empresas

“Angry Birds” é proibido em empresasOs famosos pássaros do “Angry Birds” tem outro inimigo além dos porcos verdes do jogo, e são as empresas. De acordo com uma pesquisa divulgada nesta semana ela companhia Zenprise, que faz o gerenciamento dos aparelhos móveis. A empresa revelou que o aplicativo é o mais proibido pelos chefes por aqueles que utilizam o serviço Zencloud MDM.

Fora os “Angry Birds”, outros serviços on-line não são permitidos pelas empresas que seus usuários acessem enquanto estão no horário de trabalho. Entre eles estão o Facebook, YouTube, Google Play, Skype e Dropbox. A companhia que fez a pesquisa afirma que cada vez mais as empresas estão preocupadas em bloquear os aplicativos de seus funcionários.

Resultados da pesquisa

A Zenprise também revelou em sua pesquisa que as empresas ficaram muito mais produtivas depois que os aplicativos que ameaçam a segurança, como Evernote e Dropbox, foram proibidos. A companhia também descobriu que houve um aumento no número de dispositivos móveis com Windows Phone pelos norte-americanos.

No último trimestre, a companhia afirma que o crescimento passou de 13% para 22%, sendo que a utilização de dispositivos móveis com Android diminui de 35% para 26%. Já aqueles que utilizam o iOS da Apple manteve os 52% nos EUA no último trimestre.