Publicado em: quarta-feira, 11/03/2015

Andressa Urach tem alta e deixa hospital

A modelo e apresentador Andressa Urach passou dez dias internada no hospital após uma nova cirurgia e finalmente recebeu alta, tendo autorização dos médicos para voltar para casa e continuar sob observação e cuidados. Ela estava internada em São Paulo, no Hospital Alvorada e recebeu alta médica na manhã de hoje. A assessoria de imprensa do hospital confirmou a informação da liberação de Andressa Urach, que foi internada em 27 de fevereiro após uma nova complicação em seu estado de saúde.

Andressa já havia comemorado na última terça a possibilidade de receber alta antes do que havia sido previsto pelas médicos. Ela declarou em entrevista a um portal de notícias da internet que estava contente demais com a liberação, já que os médicos haviam previsto que ela precisaria ficar ao menos 15 dias internada e acabou recebendo alta após 10 dias. De acordo com uma nota oficial liberada para a imprensa na última terça feira, a modelo e apresentadora precisará passar o período de um ano usando um cateter central.Andressa Urach tem alta e deixa hospital

Esse cateter será mantido para uso da nova medicação que a moça terá que realizara durante o tratamento, permitindo que a modelo possa voltar para a casa com o filho. O comunicado informa ainda que não estão descartadas do tratamento de Andressa novas internações em decorrência da bioplastia necrosada em algumas partes do corpo e também pelo material PMMA. Foi a aplicação desse material para aumentar a estrutura das coxas e da perna que acabou causando complicações na condição de saúde da modelo, que passou várias semanas internadas e ficou entre a vida e morte por conta das infecções nas pernas.

Depois que foi constatada uma nova infecção na perna da modelo, ela passou por uma nova cirurgia. Foi no último final de semana que foi preciso essa intervenção de emergência, com o controle da inflamação. A modelo continua ligada às redes sociais e mantém seus fãs atualizados sobre seu estado de saúde. Ela comentou recentemente que essa complicação a preocupou, depois de tudo o que enfrentou no final do ano passado, quando ficou internada por quase um mês e corria grandes riscos de morrer no hospital em Porto Alegre.