Publicado em: terça-feira, 10/02/2015

Andressa Urach retorna a bancada de programa na Rede TV!

A apresentadora Andressa Urach voltou no início dessa semana para a bancada da RedeTV! no programa Muito Show. Na ocasião, a apresentadora aproveitou para dar vários detalhes de sua recuperação e do problema médico que enfrentou nos últimos meses, ocasião em que quase morreu. Urach chegou a ficar 25 dias internada na UTI do Hospital Nossa Senhora da Conceição, uma das principais referência em Porto Alegre. A internação foi necessária para realizar o tratamento das complicações que ela sofreu pela aplicação nas pernas da substância hidrogel.

Na bancada do programa, Andressa comentou que acredita no ditado de que se colhe o que se planta, e que se atualmente ela enfrentou esse processo, foi pelo excesso de vaidade. Ela ainda lembrou que estava considerando até mesmo a cortar os dedos do pé, tirar a costela, para garantir uma aparência como ela considera o ideal. Andressa foi dura consigo mesma e ainda admitiu que passou 27 anos de sua vida completamente vazia e que nesse momento, depois de quase ter morrido, ela finalmente aprendeu a dar valor à vida. Ela afirmou que finalmente se encontrou, que agora está com sua alma serena e mais tranquila.Andressa Urach retorna a bancada de programa na Rede TV!

Andressa lembrou que já completou mais de cinco anos que ela fez a aplicação do hidrogel e que nem se recorda mais de quem foi o médico, mas que isso não era importante nesse momento, que teria sido um grande erro e que agora era momento de seguir em frente. Sobre sua conversão à religião, ela conta que ao ficar no hospital, acabou entrando em depressão e não encontrou nada lá para salvá-la, a não ser Deus e sua fé. Ela explicou que recebeu a visita de pastores da Igreja Universal quando estava a beira da morte e que as orações deles a ajudaram muito a enfrentar esse momento de dificuldade.

Sobre as fotos de sua perna cheia de feridas que vazou na internet durante sua internação, Andressa afirmou que não teve a ver com isso, mas que sabe que a iniciativa de vender as imagens para a imprensa partiu de uma pessoa de sua família, que ela não citou o nome, mas afirmou que se tratou de uma traição para ela.