Publicado em: terça-feira, 28/02/2012

Andrés Sanchez se desculpa com Leão

Depois de se envolver em sua primeira polêmica no cargo de diretor de seleções, Andrés Sanchez pediu desculpas ao técnico do São Paulo, Emerson Leão. O dirigente da CBF chamou o técnico são-paulino de mentiroso, e na segunda-feira, retirou a declaração e se desculpou pelo termo usado.

Por meio de um comunicado oficial, divulgado no site da CBF, Sanchez se retratou da troca de farpas com o treinador do São Paulo, e segundo a nota, em nenhum momento quis ofender Leão. O comunicado ainda diz que Sanchez se referia à notícia atribuída a ele, que segundo o dirigente, acredita ser falsa.

O início das trocas de acusações entre Emerson Leão e Andrés Sanchez teve início quando o meia Lucas, do São Paulo, foi convocado para o amistoso da seleção brasileira contra a Bósnia, e por isso teria de ficar fora do clássico contra o Palmeiras.

Leão disse que a CBF aconselhou Lucas a forçar um terceiro amarelo para que não precisasse jogar o clássico, e Sanchez rebateu, afirmando que a acusação era mentirosa. Por fim, o meia foi liberado, mas em seguida o dirigente disse que o São Paulo poderia ter ‘queimado um cartucho’ com o pedido de liberação.