Publicado em: terça-feira, 03/02/2015

Anderson Silva se torna lutador mais bem pago na história do UFC

Anderson Silva, o lutador de MMA ex-campeão dos médios no UFC retornou ao octógono no último final de semana cravando seu retorno com uma excelente vitória. Além disso, ele também se deu bem financeiramente, porque após essa vitória, se tornou o lutador do UFC mais bem pago da história. Ainda que sua bolsa não tenha sido valorizada nesta disputa, com relação as ultimas lutas que participou, como a derrota por um nocaute e depois uma grave lesão nos dois embates com o adversário Chris Weidman.

A bolsa de Anderson Silva não se alterou, mas ter conseguido vencer Nick Diaz nesse final de semana, depois de ficar mais de um ano parado se recuperando da lesão na perna, acabou gerando em seu favor um bônus, que resultou em recorde de faturamento e ainda assumir o primeiro lugar no ranking geral do Ultimate Figth Combat. O lutador brasileiro já detém a bolsa que representa o valor máximo pago no UFC. Só de aparecer para a luta, ninguém mais tem um valor garantido como o dele, que é de 600 mil dólares. Para enfrentar Daniel Cormier em janeiro, Jon Jones, que é o campeão dos meios pesados, recebeu 550 mil dólares, além de mais 50 mil dólares como bônus, pela disputada da luta principal da noite.Anderson Silva se torna lutador mais bem pago na história do UFC

A grande novidade neste caso é que Anderson Silva não apenas ganhou sua bolsa, mas ainda faturou um bônus de 200 mil dólares, de acordo com seu novo contrato, por conta da vitória sobre Diaz. Chegando a esse total de 800 mil dólares, o UFC pagou pela primeira vez o maior valor a um lutador por um único combate. Anderson recebeu por essa luta o equivalente a 2,1 milhões de reais. Agora, Anderson Silva ainda ultrapassou outros três rivais no ranking dos pagamento, se tornando o mais pago da história. Contabilizando todas as suas lutas pelo UFC, Anderson já faturou mais de 13 milhões de reais.

Antes dele, o líder era o lutador Michael Bisping, maior estrela inglesa no UFC. Em seu contrato, há uma cláusula que garante a ele 150 mil dólares a mais em caso de vitória, o que não é comum em outros contratos. Em terceiro lugar está agora o lutador Georges St-Pierre, com um faturamento de quase 4,5 milhões de dólares. Em breve, Anderson pode novamente alcançar uma arrecadação recorde, já que a organização vem estudando uma luta entre ele e Georges St-Pierre.