Publicado em: terça-feira, 07/05/2013

Anderson Silva não participa de evento para promover luta em junho e Dana White multa campeão em 50 mil dólares

O brasileiro Anderson Silva frequentemente tem vários elogios de Dana White, sobre qual é o talento do brasileiro no MMA. Porém, nem sempre a relação entre eles é apenas flores. O dirigente da organização multou o campeão dos pesos médios com o valor de 50 mil dólares devido a um compromisso em que Spider recusou a estar presente. Anderson foi esperado para participar de um evento antes do UFC 162, em que iria atender a diversos profissionais de imprensa. O evento iria ocorrer na cidade de Los Angeles no Estado da Califórnia durante a terça-feira (7), porém Spider recusou-se a participar e embarcou em um vôo ao Brasil. Estas entrevistas eram para promover a disputa pelo cinturão contra Chris Weidman, em 6 de julho, na cidade de Las Vegas.

Dana White disse ao site norte-americano MMA Junkie que estava marcado um dia cheio com a imprensa para ele na cidade de Los Angeles e ele decidiu que não iria fazer isto e por isso ele foi multado em 50 mil dólares.

A ideia com esta ação com a imprensa era que entrevistas pudessem servir como uma maneira de promover a venda de ingressos, que vai começar durante esta semana. Spider era aguardado para participar também de programas de TV e de rádio.

O chefão do UFC falou que Anderson não gosta de conversar com a imprensa, porém isso é uma parte das obrigações do contrato que ele firmou. Ele diz que todos querem ganhar mais dinheiro, porém ninguém quer fazer a venda das lutas ou falar com a imprensa. Dana White disse que falar com a mídia é uma parte do trabalho, goste ele ou não.

Outro caso semelhante com este de Anderson Silva ocorreu com o norte-americano Nick Diaz, que também deu bolo no UFC numa coletiva de imprensa em que ele deveria aparecer para que promovesse uma disputa de cinturão contra Georges Saint Pierre, no ano de 2011.