Publicado em: segunda-feira, 03/06/2013

Anderson Silva fala que houve mal entendido e queria só mais quatro lutas e não dez para renegociação

Anderson Silva fala que houve mal entendido e queria só mais quatro lutas e não dez para renegociaçãoO presidente Dana White do UFC, anunciou há pouco tempo que o lutador brasileiro Anderson Silva, campeão dos pesos médios do UFC renovou o contrato com a organização e tem 10 novas lutas marcadas, e falou que a duração deste novo acordo seria uma sugestão do campeão. Porém o Aranha conta uma versão diferente para esta negociação. Conforme ele, o pedido inicial era de apenas quatro lutas.

Ele disse que talvez tenha alguma uma perdida na tradução, pois ele queria realizar apenas quatro lutas, e eles o UFC disse oito, nisso Anderson Silva disse que faria, oito ou dez lutas, quantas o UFC quisesse, nisso ele diz que o UFC entrou na onda e ofereceram 10 lutas, e ele assinou.

O tempo do contrato foi uma surpresa até para os fãs, pois o campeão completou 38 anos há pouco e realiza uma média que chega a duas lutas ao ano desde 2009. Até o brasileiro diz não ter certeza se vai ter condições de completar este contrato, pois ele diz que dez lutas são aproximadamente seis anos, e ele irá ver o que vai acontecer durante este período e diz que espera estar inspirado e que conta com força de vontade e deseja entrar no octógono para lutar. Ele ainda afirmou que está feliz e que é bem tratado tanto por Dana White como por Lorenzo Fertitta e todos do UFC.

O campeão dos pesos-médios espera continuar a ter desejo para lutar e de treinar, porém diz que o maior problema será o tempo e diz que vão ter que ir em frente e ver o que ocorrerá durante os próximos anos. A próxima luta de Anderson Silva será contra o norte-americano Chris Weidman no UFC 162, em 6 de julho, na cidade de Las Vegas nos Estados Unidos.