Publicado em: domingo, 09/02/2014

Anatel divulga avaliação de internet móvel

Anatel divulga avaliação de internet móvelA Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou, nesta sexta-feira, dados sobre a avaliação das operadoras de internet móvel em atividade no país. A avaliação divulgada tem como base o mês de dezembro. Dentre as operadoras, a TIM foi a que obteve o pior desempenho em diversos quesitos.

Avaliação

A avaliação da Anatel se utilizou de informações de 15 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Ao todo, a TIM ficou abaixo das metas estabelecidas pela Anatel em doze estados, no que diz respeito à velocidade instantânea e/ou banda larga móvel. A Anatel avalia uma série de quesitos, como velocidade, disponibilidade, perda de pacotes de dados e outros.

Em oito estados, a Vivo ficou abaixo das metas estabelecidas em pelo menos um quesito. No caso da Oi, foram sete estados. A Claro, considerada uma das melhores operadoras no período, ficou abaixo do estabelecido em quatro estados, levando em consideração pelo menos um dos quesitos.

Avaliação por estado

Em São Paulo, a TIM foi a única operadora a ficar abaixo da meta no que diz respeito a velocidade da banda larga móvel. No Rio, a Claro não foi aprovada em dois quesitos, enquanto Vivo e TIM foram reprovadas na velocidade instantânea. A Anatel também publicou informações sobre a banda larga fixa. Neste caso, em São Paulo, somente a GVT atendeu a todos os quesitos estabelecidos pela agência.

Respostas

Após a divulgação dos resultados, as operadoras publicaram comunicados oficiais a respeito das conclusões obtidas pela Anatel. A TIM informou que acompanha frequentemente a medição de banda larga móvel feita pela agência, e declarou estar investindo em melhorias. De acordo com seu comunicado, a TIM afirma que tem investido de maneira forte em projetos para melhoria de sua infraestrutura.

A Vivo, por sua vez, informou que é a única operadora do país que oferece internet de 1,5 Mbps para 3G. Por isso, algumas das medições realizadas pela Anatel em relação à operadora se utilizam de parâmetros mais altos dos que são aplicados às concorrentes.

Seguindo a mesma linha de raciocínio, a Oi declarou que está dando prioridade para altos investimentos em sua infraestrutura, com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços oferecidos em todas as regiões. A operadora informou, também, que está utilizando sua rede sem fio para complementar a velocidade da banda larga móvel. No caso da banda larga fixa, a Oi afirmou que irá mapear as áreas consideradas deficitárias, para que o problema seja resolvido.

Críticas

Antes mesmo da divulgação dos resultados da Anatel, o grupo Proteste publicou, em seu site oficial, uma nota com críticas aos serviços de banda larga oferecidos pelas operadoras no Brasil.

Dentre as principais críticas do grupo estão as falhas de sinal e a velocidade muito abaixo daquilo que foi contratado. O grupo concluiu afirmando que os resultados de seus levantamentos têm comprovado que o serviço de internet móvel no Brasil está longe do adequado. Por isso, fora das grandes cidades, é muito difícil conseguir boas velocidades de conexão à internet.