Publicado em: sábado, 30/11/2013

Anatel confirma utilização dos números 911 e 112 para chamados de emergência

Anatel confirma utilização dos números 911 e 112 para chamados de emergênciaApós de quase 120 dias de análises e exames públicos, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) acatou, nesta quinta-feira, o emprego das cifras 911 e 112 para ligações de emergência no país, em complementação ao número 190.

Os novos indicadores satisfazem, concomitantemente, aos dados dos serviços de emergência, polícia, bombeiros e auxílio médico dos Estados Unidos e de nações da Europa, motivo pela qual são muito famosos por turistas de fora do país.

A concordância do parecer propende precisamente promover o atendimento deste público, notadamente no período da Copa do Mundo e a Olimpíada de 2016. Por esta causa, as 12 cidades-sede da Copa terão cinco meses para acionar os dígitos depois a divulgação da disposição no Diário Oficial da União, que deve ocorrer agora na próxima semana. Nas demais cidades, o limite é de 180 dias.

A Anatel ainda definiu que as operadoras de telefonia celular liberem recursos para que os serviços de emergência possam conseguir velozmente a posição geográfica das ligações realizadas para estes números.

Um dos pretextos para esta avaliação é, seguramente, os problemas que os peregrinos podem ter para confirmar seu endereço, seja por não distinguir o local, seja por não falar o idioma do país. Contudo, em relação a este feitio, não ficou explícito se os serviços de emergência terão recepção em inglês ou em outros idiomas.

É bem admissível que sim. Os operadores da Polícia Militar do Estado de São Paulo, são ensinados a falar uma passagem como a moment, please, quando compreenderem que a ligação é realizada por uma pessoa que não fala o idioma do Brasil e passam a ligação para um policial fluente no idioma falado ou, no mínimo, em inglês.