Americano ganha face nova em transplante

Um extenso transplante facial completo foi realizado por médicos nos Estados Unidos, dando ao paciente uma nova face, com novas mandíbulas, dentes e língua. Na terça feira (27), foram divulgados detalhes sobre a operação na Universidade de Maryland.

O paciente tem 37 anos e se chama Richard Lee Norris. Ele vivia recluso depois de um ferimento sério que adquiriu em um acidente com arma de fogo, ocorrido no ano de 1997. Antes do transplante, ele saia de casa apenas usando máscara.

Richard vivia sem os lábios e o nariz, além disso, o acidente também limitou os movimentos de sua boca. A operação durou mais de trinta horas e aconteceu entre os dias 19 e 20 de março. A cirurgia faz parte de um conjunto de transplantes, que ao longo de 72 horas, usou órgãos de um mesmo doador em cinco diferentes pacientes.

A Marinha norte-americana foi a responsável pelo financiamento, com a expectativa de as mesmas técnicas desta cirurgia sejam usadas para o tratamento de soldados que voltam feridos do Iraque e Afeganistão. A estimativa do governo americano é que mais de 200 militares em guerra precisem de transplantes faciais.

Vida nova

O chefe da cirurgia plástica reconstrutiva do centro de traumas do Hospital Universitário de Maryland, Eduardo Rodriguéz, afirmou que a maior expectativa agora é que o paciente possa viver normalmente. Ele ainda declarou que existe também a intenção de restaurar as funções motoras, alcançando uma estética satisfatória.

A equipe ainda relatou que o paciente já consegue escovar os dentes e se barbear, além de ter recuperado a habilidade de identificar cheiros. De acordo com a Universidade, a cirurgia de Richard estava sendo discutida desde o ano de 2005, quando foi realizado o primeiro transplante facial da história na França.

+ Saúde

Buscar

Curtir